Demanda por energia solar tem forte alta no campo

IMAGEM-DESTACADA

Com vida útil estimada em 25 anos, as placas solares propiciam um retorno rápido do investimento para o cliente, que pode ocorrer entre 3 e 5 anos.

A busca por melhor eficiência no processo produtivo da agricultura e da pecuária tem incentivado os investimentos em energia solar. Além de ser uma energia limpa, a economia com a conta de luz pode variar entre 80% até 99% do valor pago antes da instalação do sistema. Outra vantagem é que as placas solares têm vida útil em torno de 25 anos, o que faz com que o retorno do investimento seja rápido, cerca de 3 a 5 anos, e os benefícios podem ser explorados por um longo período.

De acordo com o sócio da SolarVolt Energia, Gabriel Guimarães, a empresa, que tem sede em Nova Lima, na Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH), tem no setor do agronegócio um dos maiores players em número de projetos, e a demanda tende a se manter em crescimento.

“O produtor rural viu que a energia é um dos principais custos na operação. O investimento em energia solar é uma opção para melhorar a produtividade dos negócios e reduzir os custos, o que ele já faz de maneira recorrente. Os produtores de médio a grande portes já estão acostumados a buscar financiamentos optando por linhas de crédito voltadas para investimentos que promovam melhorias, e a energia solar tem se tornado um dos aportes prioritários”, explica.

Ainda segundo Guimarães, a demanda pelos projetos de geração de energia vem de segmentos variados do agronegócio, incluindo laticínios, fazendas de leite, café, gado de corte, soja, milho e grandes produtores de hortifrútis.

Fonte: www.diariodocomercio.com.br veja mais no site.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *