Projeto leva energia solar a 2,1 mil moradias no meio do Pantanal

Energia Solar

Projeto “Ilumina Pantanal” foi lançado pelo Grupo Energisa em parceria com o Governo de Mato Grosso do Sul nesta manhã.

Até 2022, 2.167 moradias localizadas em pleno Pantanal sul-mato-grossense serão abastecidas por energia solar. O projeto “Ilumina Pantanal”, lançado pelo Grupo Energisa em parceria com o Governo de Mato Grosso do Sul foi lançado, na manhã desta terça-feira (2), beneficiara cerca de 5 mil pessoas que vivem espalhadas numa área de cerca de 90 mil quilômetros quadrados nos municípios de Corumbá, Aquidauana, Coxim, Ladário, Porto Murtinho, Rio Verde e Miranda.

“Serão 2.167 unidades de energia instaladas em uma área que representa praticamente três países europeus juntos, como o tamanho de Portugal e Holanda. O sol do dia vai iluminar a noite. A meta é universalizar energia no Pantanal”, afirmou o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) durante evento para a divulgação do projeto, na Governadoria.

Reinaldo acrescenta que a ideia é audaciosa, que une desenvolvimento e preservação ambiental. “É uma proposta ousada, que vai melhorar a qualidade de vida da população, levando eletricidade para regiões de difícil acesso. Vamos contribuir com o crescimento socioeconômico do Pantanal, com fornecimento de uma energia limpa, preservando a fauna e a flora”, disse.

A partir de julho, a maioria das residências rurais ganharão microssistemas individuais de geração solar fotovoltaica e armazenamento da energia excedente em baterias. A intenção é que o fornecimento de energia seja ininterrupto, mesmo durante a noite e em dias chuvosos ou nublados, quando há pouca incidência da luz solar.

Fonte: www.campograndenews.com.br veja mais no site.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *